ATENDIMENTO E DÚVIDAS - ON-LINE

LiveZilla Live Help

Divisão de apostilas

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

RENÚNCIA DO PAPA É BÍBLICA - PUBLICADO EM 11.02.2013

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013 - by LINHA DIRETA 2

Hoje foi anunciada a renúncia do Papa Bento XVI, Vaticano afirma que pontífice deve deixar o cargo no dia 28 de fevereiro
11 de fevereiro de 2013 | 9h 50

VATICANO - O Papa Bento XVI anunciou nesta segunda-feira, 11, que vai renunciar ao cargo. Leia a íntegra do anúncio do pontífice, publicada pela Rádio Vaticano:
 
"Convoquei-vos para este Consistório não só por causa das três canonizações, mas também para vos comunicar uma decisão de grande importância para a vida da Igreja. Depois de ter examinado repetidamente  a minha consciência diante de Deus, cheguei à certeza de que as minhas forças, devido à idade avançada, já não são idóneas para exercer adequadamente o ministério petrino. Estou bem consciente de que este ministério, pela sua essência espiritual, deve ser cumprido não só com as obras e com as palavras, mas também e igualmente sofrendo e rezando.
 
Todavia, no mundo de hoje, sujeito a rápidas mudanças e agitado por questões de grande relevância para a vida da fé, para governar a barca de São Pedro e anunciar o Evangelho, é necessário também o vigor quer do corpo quer do espírito; vigor este, que, nos últimos meses, foi diminuindo de tal modo em mim que tenho de reconhecer a minha incapacidade para administrar bem o ministério que me foi confiado. Por isso, bem consciente da gravidade deste ato, com plena liberdade, declaro que renuncio ao ministério de Bispo de Roma, Sucessor de São Pedro, que me foi confiado pela mão dos Cardeais em 19 de Abril de 2005, pelo que, a partir de 28 de Fevereiro de 2013, às 20h, a sede de Roma, a sede de São Pedro, ficará vacante e deverá ser convocado, por aqueles a quem tal compete, o Conclave para a eleição do novo Sumo Pontífice.
 
Caríssimos Irmãos, verdadeiramente de coração vos agradeço por todo o amor e a fadiga com que carregastes comigo o peso do meu ministério, e peço perdão por todos os meus defeitos. Agora confiemos a Santa Igreja à solicitude do seu Pastor Supremo, Nosso Senhor Jesus Cristo, e peçamos a Maria, sua Mãe Santíssima, que assista, com a sua bondade materna, os Padres Cardeais na eleição do novo Sumo Pontífice. Pelo que me diz respeito, nomeadamente no futuro, quero servir de todo o coração, com uma vida consagrada à oração, a Santa Igreja de Deus."

Fonte Comentário pessoal: "Mãe Santíssima" - de referir que o terceiro segredo de Fátima é a união do Islamismo ao Catolicismo ou seja "Maria padroeira do mundo islâmico". Esta missão ecuménica o papa percebe que a não pode concretizar e este era um momento (convulsões muçulmanas) apropriado; fragilizado pela saúde, mas especialmente, os escândalos sucessivos dentro da igreja católica esgotaram o homem que já em Fátima dava sinais do "Papa cabaleante".
Estamos sem dúvida num momento de VIRAGEM E QUE VIRAGEM!
José Carlos Costa, pastor.

Mensagem de Boas Vindas:

Obrigado por visitar nosso site, curtindo nossa Fan-Page o Sr.(a) receberá nossas principais notícias em seu facebook

2 comentários:

Anônimo disse...

Amei este blog, até curti a página do facebook, porém gostaria de deixar um link muito interessante.

Leia mais sobre o que os estudiosos dizem sobre o assunto:

http://novotempo.com/novachance/2013/02/11/papa/

Anônimo disse...

SOBRE A RENUNCIA DO PAPA - (O sétimo rei e a revelação do iníquo)FOI PREDITO Q ESSE NÃO DURARIA MUITO?
LER: (Ap 17.3,5)


Aqui está o sentido, “As sete cabeças são sete montes nos quais a mulher está sentada”. Roma é conhecida como a cidade dos sete montes, ou sete colinas, continuando..."dos quais caíram cinco, um existe, e o outro ainda não chegou; e, quando chegar, tem de durar pouco..."

As sete cabeças são também sete reais. A cabeça é o que comanda o corpo. O cabeça visível da igreja católica é o papa. Então, as sete cabeças são sete papas. Mas o anjo disse que as cabeças são “reis”. Elas representam então papas, que são também reis. Os papas sempre foram lideres e governadores da igreja Católica; mas nem sempre foram reis. Uma pessoa, para ser um rei, deve governar um país. Se alguém governa uma província ou um estado, é um governador, mas não um rei. A igreja Católica era apenas uma denominação religiosa desde sua fundação, até 1929. Neste ano, o ditador Italiano Benito Mussolini deu para o papa Pio XI hectares de terra, os quais foi fundado o Estado do Vaticano, um país independente e monárquico, cujo rei era o papa.

Pio XI, que era o papa quando esta mudança tomou lugar, tonou-se o primeiro papa “rei”. O anjo, explicando sobre os reis, disse que “cinco caíram, e um existe” Ele leva João para o tempo do sexto rei, o que nos mostra que a profecia seria entendida quando o sexto rei estivesse no trono do papado. A partir de Pio XI, o primeiro rei, os papas “reis” que se seguiram foram:

2 – Pio XII;
3 – João XXIII;
4 – Paulo VI;
5 – João Paulo I;
6 – João Paulo II.
João Paulo II foi o sexto rei, aquele descrito pelo anjo através das palavras: “um é”. Ele estava no poder no tempo apontado por João na visão. Centenas de pesoas nos Estados Unidos, Brasil, Argentina, e provavelmente em outros lugares, entenderam o que foi explicado até aqui nos anos noventa, quando João Paulo II estava no trono do Vaticano, cumprindo a profecia. “O outro ainda não chegou”. De acordo com a profecia, após a morte de João Paulo II, haveria outro papa “rei”, que, “quando vier, tem de durar pouco tempo”. O cardeal Josef Ratzinger, um homem de idade avançada que não pode se manter no trono do papado por muitos anos como o fez João Paulo II, foi eleito, tornando-se Bento XVI, o sétimo rei, cumprindo a profecia. Os próprios jornais confirmam que os próprios cardeais católicos esperam que ele irá reinar apenas pouco tempo.


De acordo com a explicação acima, o oitavo rei é a besta. O que isto significa? Quem será o oitavo rei?
Em Apoc. 17:11, está escrito que o oitavo rei é a besta, e é um dos sete reis anteriores. Em Apoc. 13, que apresenta a mesma besta de Apoc. 17, nós lemos as seguintes palavras: a mesma besta que foi vista em Apocalipse 17 é apresentada. A profecia afirma que o mundo se maravilhará quando ver uma das cabeças da besta (um dos papas “reis”), que fora “ferida de morte e esta ferida mortal foi curada”. Sim, o mundo se maravilhará quando ver um papa “ressuscitado dentre os mortos”. A igreja Católica diz que o papa tem as chaves da morte e do inferno, e Satanás irá, aparentemente, “provar” que isto é verdade através deste engano. Esta ressurreição irá maravilhar o mundo ao máximo. Como irá João Paulo II ressuscitar?
A profecia descreve que Satanás irá enganar os que “habitam sobre a terra”. A profecia afirma que Satanás engana os ímpios que habitam sobre a terra, por meio dos milagres que ele tem poder para fazer, e dis para os ímpios para que eles façam uma “imagem à besta”. Qual besta? “Àquela que, ferida à espada, sobreviveu”, o oitavo rei.

Text Widget

Matenha este jornal no "AR", faça uma doação, o valor pode ser o quanto quiser, será com satisfação que investiremos o seu dinheiro em defesa de nosso país, seja com notícias ou críticas, mas nós ajudaremos o nosso país.




Doe o quanto quiser, pode ser até um real, faça o que seu coração mandar.