ATENDIMENTO E DÚVIDAS - ON-LINE

LiveZilla Live Help

Divisão de apostilas

domingo, 25 de novembro de 2012

TUDO SOBRE A DEMISSÃO DE MANO MENEZES - COVARDIA

domingo, 25 de novembro de 2012 - by LINHA DIRETA 0


A nova cúpula da CBF nunca confiou em Mano Menezes, considerado um "estorvo" deixado pelo antecessor. Isso ficou claro em todas as manifestações públicas de José Maria Marin e de Marco Polo Del Nero, inclusive na vergonhosa "espiadinha" do presidente da CBF na lista olímpica do treinador, uma exposição que um dirigente não faria caso tivesse seu profissional de confiança no cargo. Sendo assim, é importante perguntar: por que Mano Menezes não foi demitido em março deste ano, quando houve a mudança no comando da entidade?
Fica claro para mim que a dupla Marin-Del Nero foi covarde. Estavam chegando e não quiseram fazer o que deveria ser feito quando não se confia em um funcionário vital na sua engrenagem: demitir. Uma administração que chegou cheia de sorrisos e afagando seus correligionários ficou com medo da opinião pública e deixou o "técnico dos outros" lá. O resultado foram nove preciosos meses jogados fora (sem contar no ouro olímpico, que não veio). Um tempo que pode fazer muita falta na montagem do time para 2014.

Para piorar, a demissão vem em um momento em que o trabalho de Mano Menezes, pela primeira vez, parecia ter uma direção. A entrada de Kaká no time e a repetição de uma dupla de volantes que funciona melhor significaram uma evolução no desempenho do Brasil. A defesa estava ajustada. A saída de bola melhorando. O time tentava e começava a conseguir propor o jogo. Foi assim contra o Japão e a Colômbia. E, como prêmio, Mano Menezes foi demitido. É incoerente. Quase um absurdo.
O pior é que o cenário é bem complicado em termos de reposição. Só temos um técnico "em boa fase": Tite. Será que a seleção vai tentar tirar o técnico do Corinthians de novo? E ele teria tempo para isso? Escolher Felipão só pode ser superstição, já que o último trabalho razoável dele foi com Portugal, em 2008. Muricy caiu demais e não tem um estilo que me seduza para a seleção. Luxemburgo fez um ótimo brasileiro pelo Grêmio, mas não terá chance pelo passado. E duvido que Guardiola aceite ser um salvador da pátria da seleção brasileira.
O nome do novo técnico será anunciado em janeiro. Assume em fevereiro. Depois terá 16 meses até a Copa de 2014. Pela forma como a CBF se portou em relação a Mano Menezes, devem achar que é muito tempo..

Mensagem de Boas Vindas:

Obrigado por visitar nosso site, curtindo nossa Fan-Page o Sr.(a) receberá nossas principais notícias em seu facebook

0 comentários:

Text Widget

Matenha este jornal no "AR", faça uma doação, o valor pode ser o quanto quiser, será com satisfação que investiremos o seu dinheiro em defesa de nosso país, seja com notícias ou críticas, mas nós ajudaremos o nosso país.




Doe o quanto quiser, pode ser até um real, faça o que seu coração mandar.